Co-fundador da Microsoft disputará leilão de frequências nos EUA

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007 09:53 BRST
 

Por Peter Kaplan

WASHINGTON (Reuters) - Uma empresa comandada por Paul Allen, co-fundador da Microsoft, se registrou para participar de um leilão pelas cobiçadas frequências de comunicação sem fio dos Estados Unidos, de acordo com documentos referentes à licitação divulgados na noite de terça-feira.

Allen, como parte da Vulcan Spectrum, era um dos nomes inscritos para o leilão das frequências da faixa dos 700 megahertz que a Comissão Federal de Comunicação (FCC, na sigla em inglês) está organizando para 24 de janeiro.

Allen comanda um grupo de investimento chamado Vulcan Capital, e também é acionista majoritário da Charter Communications.

Allen e a Vulcan Spectrum eram parte de uma lista com dezenas de potenciais participantes que se registraram no prazo estipulado pela FCC, encerrado em 3 de dezembro. A lista foi divulgada no site da FCC na noite da terça-feira.

Os registrados para o leilão incluem, como esperado, o Google, líder da Internet, e os grupos de comunicação AT&T e Verizon Wireless, uma joint-venture entre a Verizon Communications e a Vodafone. Outra empresa inscrita é a Qualcomm.

Uma busca dos documentos conduzida pela Reuters não revelou inscrição pela EchoStar Communications. No começo do mês, havia rumores de que a operadora norte-americana de TV via satélite poderia se registrar para o leilão. Representantes da EchoStar não foram localizados para comentar o assunto.

O leilão de frequências gerido pela FCC deve levar algumas semanas, e a porção do espectro em questão será dividida em diversos blocos.

A licitação é vista como última oportunidade para que novas empresas entrem no mercado da comunicação sem fio dos EUA. O Google e outros líderes do Vale do Silício vêem as frequências como maneira de criar competição mais aberta por serviços e aparelhos móveis do que a que existe nas redes hoje disponíveis.