Astronautas instalam nova sala na Estação Espacial

sexta-feira, 26 de outubro de 2007 18:56 BRST
 

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL (Reuters) - Os astronautas do ônibus espacial Discovery instalaram na sexta-feira uma nova sala na Estação Espacial Internacional, ampliando-a de modo a permitir a chegada de dois novos laboratórios.

O trabalho, uma das principais tarefas da missão de 14 dias do Discovery, começou quando o veterano Scott Parazynski e o novato Douglas Wheelock deslizaram para fora da câmara de ar Quest, que fica na estação, para preparar a instalação do módulo.

Dentro do laboratório Destiny, os operadores do braço mecânico fisgaram o módulo Harmony, de 14,2 mil quilos, de dentro da baia de carga do ônibus, içando-o cuidadosamente pelo lado da nave até uma posição temporária no nódulo de conexão Unity, da estação.

O nódulo de conexão Unity liga o lado russo da estação ao lado norte-americano.

Os astronautas da estação vão reposicionar o Harmony em sua posição final depois que o ônibus for embora, em 4 de novembro. O módulo, que tem seis portas de conexão para uma futura ampliação da estação, precisa ser instalado no local onde a nave atualmente está acoplada.

Os tripulantes do ônibus devem fazer outras quatro saídas ao espaço. O ônibus, que decolou na terça-feira do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, volta à Terra no dia 6.

Antes de instalarem o módulo Harmony, os astronautas trabalharam na estrutura do enorme painel solar que será reposicionado nas suas próximas saídas, domingo e terça-feira, além de terem resgatado uma antena quebrada, que será consertada na Terra e devolvida à estação como peça sobressalente.

Esta missão permitirá a chegada do laboratório europeu Columbus, em dezembro. Em seguida haverá três missões para instalar o complexo Kibo, da Agência Espacial Japonesa.

A Nasa planeja mais 11 missões de construção e 2 de reabastecimento à estação antes de aposentar a frota de ônibus espaciais, em 2010. Haverá também uma missão de manutenção no telescópio espacial Hubble.