Fabricantes de chips se mexem com chips sensores de movimento

segunda-feira, 25 de agosto de 2008 10:24 BRT
 

Por Baker Li

TAIPEI (Reuters) - Os fabricantes de chips estão convencidos do potencial de chips sensores de movimento em aparelhos portáteis, graças ao sucesso dos consoles de videogame Wii, da Nintendo, e do Apple iPhone.

O mercado para sistemas micro-eletromecânicos (MEMS), que detectam movimento por meio de sensores de aceleração, pode atingir os 7,3 bilhões de dólares este ano e 11 bilhões de dólares até 2011, afirmou a produtora taiuanesa de chips TSMC, citando pesquisas independentes.

A Sony também entrou no mercado de chips sensores de movimento, com seu player de MP3 Rolly, em formato de ovo, que permite que os usuários ajustem o volume girando o aparelho nas mãos.

Os chips funcionam por meio de pequenos giroscópios e acelerômetros, que detectam a magnitude e o direcionamento da aceleração, o que permite que o iPhone da Apple gire uma foto de acordo com a direção em que é movido, e que jogadores controlem videogames ao movimentar os controladores que acompanham o Wii.

Os chips MEMS, no momento produzidos por empresas como a STMicroelectronics, que abastece a Apple e Nintendo, Freescale, Texas Instruments e Hewlett-Packard, chegaram ao mercado de massa em dispositivos como os airbags.

Em termos de valor, o mercado ainda é relativamente pequeno para empresas que geram receitas de bilhões de dólares ao ano. Mas o potencial de crescimento é três vezes superior ao dos magros quatro por cento que a TSMC projeta para o mercado de chips como um todo este ano.

Com a desaceleração na demanda por chips de memória e lógicos, o crescente uso dos dispositivos sensores de movimento em aparelhos vendidos no mercado de massa, tais como celulares e players de música, oferece uma chance de elevar as vendas.

Em seu simpósio anual de tecnologia, em maio, a Taiwan Semiconductor Manufacturing (TSMC), maior fabricante mundial terceirizada de chips, deu destaque aos chips MEMS como uma das mais promissoras entre as novas tecnologias.

A TSMC, que começou a produzir chips MEMS para a Analog Devices, acredita que eles possam responder por até 10 por cento de suas vendas este ano, e que essa participação possa crescer a 20 por cento nos próximos dois ou três anos, de acordo com a Topology Research, de Taiwan.