Microsoft vê avanço do Windows no mercado de servidores

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008 11:17 BRT
 

Por Daisuke Wakabayashi

SEATTLE (Reuters) - O sistema operacional Windows para servidores poderosos, da Microsoft, continuará a ganhar mercado diante dos rivais Linux e Unix, declarou na quarta-feira o encarregado da divisão de servidores e ferramentas de software do grupo.

A divisão tem espaço para crescimento mesmo em um ambiente de desaceleração da economia dos Estados Unidos, disse Bob Muglia, vice-presidente sênior da divisão de servidores e ferramentas da Microsoft.

O lançamento do Windows Server 2008, uma atualização de seu sistema operacional para grandes servidores, ajudará a Microsoft a estender a tendência de ganho de mercado diante do Linux, um adversário relativamente novo, e do velho oponente Unix, ele disse.

"Nos últimos seis meses vimos (ganhos de mercado em) aceleração", disse Muglia em entrevista telefônica em um evento de lançamento do Windows Server 2008. "E prevemos que isso venha a continuar."

De acordo com o grupo de pesquisa Gartner, a participação do Windows nos embarques mundiais de servidores cresceu em um ponto percentual, para 66,8 por cento, em 2007, ante o ano anterior.

O sistema Linux, de fonte aberta, caiu em um ponto percentual no ano passado, para 23,2 por cento, e o Unix caiu a 6,8 por cento em 2007 ante 8,1 por cento em 2006.

A Microsoft se beneficiou, de acordo com Chris Voce, analista da Forrester, ao melhorar suas ofertas no segmento de servidores usados para hospedagem de sites.

Muitos criadores de software anteriormente optavam por um pacote de software de fonte aberto incluindo o Linux, o Apache e o programa MySQL, de gestão de bancos de dados, produzido pela Sun Microsystems .

O Windows Server 2008, sucessor do Windows Server 2003, é o principal produto em um ciclo de atualização do grupo Microsoft para servidores e ferramentas de software, uma unidade que há 22 trimestres consecutivos vem registrando crescimento de receita superior a 10 por cento.

Daqui a alguns meses, a Microsoft planeja lançar a nova versão de seu software SQL Server, para gestão de banco de dados.