Tecnologia de nuvem faz SAP avaliar corte de até 2.500 funcionários

quinta-feira, 15 de maio de 2014 15:46 BRT
 

STUTTGART Alemanha (Reuters) - A desenvolvedora europeia de software corporativo SAP está planejando cortar entre 1.500 e 2.500 funcionários uma vez que a tecnologia de computação em nuvem permite redução de equipes, afirmou uma fonte nesta quinta-feira.

A SAP, que emprega um total de 67 mil funcionários, informou na quarta-feira que promoveria cortes de vagas, mas não divulgou quantos. Um porta-voz da empresa não quis comentar o assunto nesta quinta-feira.

"O número não é ainda definitivo e há ainda verificações sendo feitas sobre quais posições se sobrepõem ou são desnecessárias", disse uma pessoa com conhecimento do assunto à Reuters. A fonte acrescentou que os cortes atingirão todas as regiões e áreas de operação da SAP.

Entretanto, a SAP planeja criar cerca de 3 mil novos empregos este ano, o que deve gerar um aumento líquido no número de funcionários, disse a fonte.

A computação em nuvem permite que empresas cortem custos ao adotarem softwares que são executados em centrais remotas de processamento de dados em vez de computadores instalados das próprias empresas.

(Por Ilona Wissenbach)