Acer lança investida em computação em nuvem para mudar dependência em PCs

quinta-feira, 29 de maio de 2014 09:36 BRT
 

TAIPÉ (Reuters) - A taiuanesa Acer detalhou nesta quinta-feira sua investida há muito anunciada em computação em nuvem, uma vez que a combalida fabricante de computadores responde a um mercado de PCs em retração entrando na arena de nuvem contra as líderes Amazon e Google.

A quarta maior fabricante de PCs do mundo quer começar a desenvolver softwares e oferecer serviços de computação on-line sob o nome "Construa sua Própria Nuvem" (Byoc, na sigla em inglês).

A Acer anunciou a Byoc com poucos detalhes ao final de 2013 quando a companhia contabilizou um terceiro prejuízo consecutivo depois que o mercado global de PCs se contraiu em 10 por cento. Os computadores pessoais têm perdido para tablets e têm sido contornados pela nuvem, onde usuários guardam arquivos remotamente e executam aplicativos via Internet.

"O computador ainda é nossa fundação, mas Byoc é uma nova plataforma para integração, compatibilidade cruzada e conveniência", disse o fundador e presidente do Conselho da companhia, Stan Shih, em uma coletiva de imprensa.

A Acer está promovendo a plataforma Byoc como o futuro da computação em nuvem ao focar na chamada "Internet das Coisas", que permite conectividade remota com uma variedade de dispositivos. Em um vídeo promocional, a Acer detalhou como a Byoc vai permitir que usuários operem eletrodomésticos ou automóveis, por exemplo, usando smartphones.

Shih disse, sem elaborar, que ele ajudará a Acer a encontrar parceiros para iniciativas da Byoc mesmo depois de sua já anunciada aposentadoria em junho.

(Por Michael Gold)