Sindicatos convocam greve de trabalhadores da Amazon na Alemanha

quinta-feira, 29 de maio de 2014 17:03 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - O sindicato Verdi pediu que trabalhadores da varejista online Amazon.com na Alemanha entrem em greve por dois dias em meio aos esforços para negociar um novo acordo de salários.

"A recusa da Amazon de falar sobre um acordo salarial mostra falta de respeito e desvalorização do desempenho de seus funcionários", disse a líder do Verdi, Stefanie Nutzenberger, em comunicado nesta quinta-feira.

O pessoal do centro de distribuição em Bad Hersfeld foi convocado à greve a partir do início do turno da noite nesta quinta-feira. Trabalhadores em Leipzig foram convocados a parar no início do primeiro turno de sexta-feira, afirmou o sindicato.

O Verdi quer que a Amazon eleve os pagamentos a trabalhadores em seus centros de distribuição de acordo com os acordos coletivos do setor de correios e da indústria varejista na Alemanha e organizou diversas paralisações no último ano. A mais recente ocorreu em abril.

A Amazon, no entanto, rejeitou a demanda, argumentando que classifica seus funcionários de armazenagem como do ramo de logística e que eles recebem pagamento acima da média pelos padrões dessa indústria.

(Por Victoria Bryan)

((Tradução Redação Rio de Janeiro, 55 21 2223-7155)) REUTERS LB AAP