Netflix culpa Verizon por lentidão no carregamento de vídeos

quarta-feira, 4 de junho de 2014 21:20 BRT
 

WASHINGTON/LOS ANGELES (Reuters) - O Netflix está avisando os consumidores norte-americanos que a Verizon e outras operadoras são culpadas pela lentidão no carregamento de vídeos de seu serviço, enquanto a companhia pressiona para evitar ter de pagar por uma entrega mais rápida de seus filmes e séries de TV.

O Netflix tem pressionado a Comissão Federal de Comunicações (FCC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos para acabar com os acordos nos quais as operadoras recebem recursos das provedoras de conteúdo de Internet para oferecer velocidade mais rápida.

A FCC planeja autorizar esse tipo de acordo, e a regra sobre o tema, que trata do princípio denominado "neutralidade de rede", está em processo de consulta pública e sugere que as empresas de conteúdo devem ser autorizadas a fechar acordos "comercialmente razoáveis" com as provedoras de banda larga para priorizar seu tráfego.

"A rede da Verizon está lotada neste momento", disse o Netflix em comunicado enviado a alguns clientes quando o vídeo está carregando.

A empresa está enviando mensagens semelhantes a clientes norte-americanos de outras provedoras de banda larga quando as redes estão congestionadas, disse o porta-voz do Netflix, Jonathan Friedland, nesta quarta-feira. O teste começou em meados de maio e está atingindo algumas centenas de assinantes.

O porta-voz da Verizon, Robert Elek, disse que os alertas são uma "artimanha de Relações Públicas".

"Estamos investigando essa alegação, mas parece incorreta e pode confundir as pessoas", disse Elek.

Em abril, o Netflix fechou um acordo financeiro com a Verizon por entrega de banda larga mais rápida para seus filmes e séries de TV, mas o plano não foi totalmente implementado. A Verizon está trabalhando em sua arquitetura e espera melhoras em 2014, disse uma fonte com conhecimento do acordo.

(Por Marina Lopes e Lisa Richwine)