Vodafone mira "carros conectados" com acordo italiano

segunda-feira, 16 de junho de 2014 09:46 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A Vodafone está comprando uma fabricante italiana de eletrônicos automotivos por 145 milhões de euros (197 milhões de dólares), buscando sair na frente na corrida para conectar mais produtos à Internet e compensar um crescimento em desaceleração em seu negócio principal de telefones móveis.

Companhias de telecomunicações e tecnologia estão buscando aproveitar uma esperada disparada na demanda pela chamada comunicações máquina-a-máquina (M2M, na sigla em inglês) -- o uso da Internet para fazer com que produtos de carros a máquinas de lavar até turbinas e equipamentos médicos façam mais tarefas e de modo mais eficiente.

Os automóveis estão na vanguarda da nova indústria, uma vez que fabricantes se esforçam para acrescentar novos recursos como a transmissão de música, a reprodução de audiobooks, auxílios de navegação e melhorias de segurança aos seus veículos.

A Vodafone disse nesta segunda-feira que concordou em comprar a Cobra Automotive Technologies, que fornece produtos voltados à melhoria da segurança, telecomunicações e rastreamento de veículos para as indústrias automotivas e de seguros.

"A combinação da Vodafone e da Cobra criará uma nova fornecedora global de serviços automotivos conectados", disse Erik Brenneis, diretor de M2M da Vodafone.

A Vodafone disse que oferecerá 1,49 euros por ação para comprar a fatia dos acionistas no grupo italiano, cerca de 50 por acima de seu preço do fechamento anterior.

(Por Kate Holton)