Herói nacional do México, goleiro Ochoa é homenageado com música

quarta-feira, 18 de junho de 2014 14:47 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - O goleiro da seleção do México, Guillermo Ochoa, cuja atuação brilhante permitiu ao selecionado obter um valioso empate com o Brasil na Copa, foi tratado pela imprensa como um herói nacional nesta quarta-feira e até ganhou uma música em sua homenagem.

Tal como acontece com chefes do narcotráfico recém-capturados ou assassinados, apareceu no YouTube um ‘corrido’ – música do norte mexicano que narra os acontecimentos de uma região – que elogia o goleiro, que na terça-feira salvou vários chutes perigosos do brasileiro Neymar, assim como de Paulinho e Thiago Silva.

"México contra Brasil / empataram em zero a zero / podia ter sido uma goleada / mas "Memo" Ochoa é o goleiro”, diz a letra do ‘corrido’, cantado por um grupo de parodistas chamados “Os Três Tristes Tigres", que aparecem no vídeo com perucas de cabelo comprido com cachos e uma tiara, como Ochoa.

"O Brasil chegava bastante / com perigo disparava / mas tínhamos goleiro / pois Memo tudo parava", continua a música.

Ochoa foi destaque em todas as capas dos principais jornais do México, que com o empate sem gols somou quatro pontos no Grupo A do Mundial, que inclui Brasil, Camarões e Croácia.

"SENHOR FANTÁSTICO!", deu como manchete o diário Récord, com uma foto de uma defesa cobrindo todo o gol.

O jornal Reforma brincou com o resultado da partida e escreveu "0-0choa" com uma grande foto do goleiro por trás do gol, enquanto o El Universal escolheu "Ochoa deixa um sabor de triunfo" e o Milenio disse "O Brasil não pode com Ochoa".

O próximo jogo do México no torneio será com a Croácia na próxima segunda-feira.

  (Por Anahi Rama)

 
Mexicano Ochoa faz defesa em jogo com o Brasil.   REUTERS/Mike Blake