Aplicativos levam leitura dinâmica à era digital

segunda-feira, 23 de junho de 2014 17:43 BRT
 

TORONTO, 23 Jun (Reuters) - A leitura dinâmica surgiu há mais de meio século, mas novos aplicativos estão trazendo a técnica à era digital, ajudando usuários a ler livros mais rápido.

O ReadMe!, novo aplicativo para iPhones, permite aos usuários controlar o ritmo da leitura de 50 para 1 mil palavras por minuto.

"É sobre ser capaz de ler um livro como 'Harry Potter' em uma hora e meia e ainda assim ter a completa compreensão", disse Pierre DiAvisoo, que criou o aplicativo com sede em Boras, na Suécia.

Os leitores selecionam um e-book no aplicativo, que está disponível para o mundo todo e custa 1,99 dólares. Depois de abrir a tecnologia de leitura dinâmica, aparece uma palavra de cada vez. O aplicativo não trabalha com e-books que têm restrições de compartilhamento.

Em alguns minutos, os leitores podem aprender a dobrar sua velocidade de leitura para cerca de 400 e 450 palavras por minuto sem perder a compreensão, de acordo com a Spritz, companhia sediada em Boston que criou a tecnologia de leitura rápida.

"A leitura não mudou em milhares de anos. As técnicas de leitura dinâmica ainda estão focadas em consumo de textos em linhas e na leitura da esquerda para a direita, linha por linha", disse Frank Waldman, presidente-executivo da Spritz.

Ele acrescentou que a tecnologia combina apresentação visual rápida e em série (RSVP, na sigla em inglês), com busca visual para apresentar palavras com reconhecimento ideal para um entendimento rápido.

Enquanto as pessoas passaram a ler em aparelhos pequenos, e até mesmo em relógios inteligentes, Waldman disse que a Spritz será o jeito mais conveniente de absorver informação.

Mas um pequeno estudo da Universidade de San Diego, na Califórnia, mostrou que a leitura dinâmica pode não levar ao mesmo nível de compreensão que uma leitura normal, porque é mais difícil de voltar para esclarecer o entendimento.   Continuação...