AT&T diz que fusão com DirecTV não se compara à união entre Comcast e Time Warner

terça-feira, 24 de junho de 2014 16:56 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - A proposta de união entre AT&T e DirecTV não se compara a outras fusões que afetam a indústria de telecomunicações porque as companhias oferecem diferentes serviços, disse o presidente-executivo da AT&T a congressistas norte-americanos nesta terça-feira.

"Isto não é Comcast/Time Warner, não são duas empresas de TV a cabo se unindo, isto não é Sprint e T-Mobile", disse o presidente-executivo da AT&T, Randall Stephenson, em audiência sobre a proposta de fusão, avaliada em 48,5 bilhões de dólares.

"Estamos colocando o produto de TV (via satélite da DirecTV) com nosso produto de banda larga móvel. Não há um grupo de conteúdo nessa transação", disse.

Um painel do Comitê Judiciário do Senado dos EUA planeja realizar uma audiência sobre a fusão, que é uma das diversas propostas de união na indústria de TV a cabo e telefonia celular. As outras são a oferta de 45,2 bilhões de dólares da Comcast pela Time Warner Cable e a oferta potencial da Sprint pela T-Mobile.