Novo CEO da Vivendi fala pela 1a vez sobre estratégia da empresa

terça-feira, 24 de junho de 2014 18:13 BRT
 

PARIS (Reuters) - O bilionário francês Vincent Bollore deu os primeiros sinais de como será a estratégia da Vivendi após assumir como presidente do Conselho nesta terça-feira, afirmando ver potencial de crescimento de seus ativos de mídia enquanto prevê continuar pagando altos dividendos.

A Vivendi, uma das maiores empresas francesas, vendeu três negócios, incluindo a operadora de telecomunicações SFR, em um plano de dois anos que pretende reduzir dívida e retomar o preço das ações.

Bollore, que com sua fatia de 5 por cento é o maior acionista da companhia, terá poder de decisão enquanto a companhia pretende sair de três negócios remanescentes e começar a olhar para oportunidades de crescimento.

A Vivendi hoje detém o maior selo do mundo, a Universal Music Group, a maior operadora de TV paga da França, a Canal Plus, e a fornecedora de banda larga brasileira GVT.

"A estratégia da Vivendi foi claramente fixada", disse Bollore em reunião anual de acionistas em suas primeiras declarações públicas sobre a companhia desde que se tornou vice-presidente do Conselho no ano passado.

"É transformar a companhia de uma holding financeira para uma companhia integrada focada em conteúdo."

Apesar de sua influência, o bilionário de 62 anos -- famoso por construir o negócio de transporte na África e incursões em companhias blue-chips -- disse até agora muito pouco sobre para onde pretende levar a Vivendi. Isso deixou investidores e analistas se questionando se suas intenções eram vender mais partes do grupo, ou buscar construir algo a partir de seu atual portfolio.

CRESCIMENTO E DIVIDENDOS   Continuação...