Telekom Austria não vê sinal de saída da América Móvil, segundo jornal

quinta-feira, 26 de junho de 2014 10:37 BRT
 

VIENA, 26 Jun (Reuters) - O presidente-executivo da Telekom Austria não vê sinais de que a América Móvil quer sair de um acordo para ganhar o controle do grupo austríaco apesar de uma surpreendente baixa contábil em seu negócio na Bulgária, disse ele a um jornal.

A Telekom Austria disse na quarta-feira que realizou uma baixa contábil de sua unidade búlgara de 400 milhões de euros (545 milhões de dólares), uma medida que provavelmente levará o grupo a um prejuízo no ano todo.

"O representante da América Móvil estava na vídeoconferência para a reunião do conselho de supervisão. Não houve comentários negativos na direção de uma saída", disse Hannes Ametreiter ao Kurier em uma entrevista publicada nesta quinta-feira.

Ele disse que a própria Telekom não tinha ciência da baixa contábil quando a Áustria e a América Móvil, de Carlos Slim, assinaram um acordo em abril para juntar suas participações no grupo austríaco.

Ametsreiter disse que não vê motivo para renunciar ao cargo em relação ao assunto.

(Por Michael Shields)