Hackers anunciam "vazamento nuclear" em conta israelense no Twitter

sexta-feira, 4 de julho de 2014 18:51 BRT
 

JERUSALÉM (Reuters) - Hackers postaram um anúncio falso de um ataque de foguetes contra o reator Dimona, de Israel, e um possível vazamento nuclear em uma conta do Twitter utilizada pelo exército israelense, que disse nesta sexta-feira que luta contra tais ataques cibernéticos.

A conta em idioma Inglês, @IDFSpokesperson, tem 252 mil seguidores e, geralmente, divulga atualizações rápidas sobre várias frentes de combate de Israel. O perfil foi desativado na sexta-feira, no entanto, enquanto uma porta-voz militar disse que "vários tweets incorretos" estavam sendo investigados por autoridades israelenses.

Ela não entrou em detalhes, mas o site de notícias Walla publicou uma foto de um tweet que tinha aparecido na conta na quinta-feira à noite, antes de ser removido, que dizia: "#ATENÇÃO: Possível vazamento nuclear na região, após dois foguetes atingirem a instalação nuclear Dimona".

O tweet se referia a um reator no deserto sul de Israel, onde acredita-se terem sido desenvolvidas armas nucleares.

Sites israelenses são frequentemente alvo de hackers pró-palestinos e sírios e o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu tem incentivado o investimento em cibersegurança nacional.

A mais recente postagem autorizada no @IDFSpokesman prometeu que o exército "combateria o terror em todas as frentes, incluindo na dimensão cibernética".

(Reportagem de Dan Williams)

((Tradução Redação São Paulo 55 11 5644 7763))