Câmara do México aprova lei de telecomunicações que afeta Televisa e América Móvil

terça-feira, 8 de julho de 2014 20:09 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A Câmara dos Deputados do México aprovou nesta terça-feira uma controversa reforma do setor de telecomunicações, que visa a aumentar a concorrência num setor dominado pelo magnata Carlos Slim e pela Televisa.

Deputados aprovaram, por 340 votos a favor e 129 contra, as chamadas leis secundárias da reforma constitucional, que haviam sido aprovados durante o fim de semana no Senado.

Nas próximas horas, os legisladores seguirão discutindo vários itens que estavam na pauta, e depois enviar o projeto completo ao presidente Enrique Peña Presidente para publicação no Diário Oficial.

A reforma estabelece medidas mais rigorosas, tanto para a Televisa, que lidera o mercado de transmissão de TV, como para a América Móvil, jóia da coroa dos negócios de Slim, que na terça-feira anunciou que tentaria vender ativos para reduzir sua participação de mercado.

As ações Televisa caíram 2,85 por cento nesta terça-feira, na bolsa do México, enquanto as da gigante de telecomunicações América Móvil cederam 0,22 por cento.

(Reportagem de Thomas Sarmiento e Noe Torres)