Três operadoras estatais chinesas formam empresa de torres de telecomunicação

sexta-feira, 11 de julho de 2014 12:17 BRT
 

PEQUIM, 11 Jul (Reuters) - As três operadoras estatais de telefonia sem fio da China concordaram em estabelecer em conjunto uma companhia de torres de telecomunicação com um capital registrado de 10 bilhões de iuanes (1,6 bilhão de dólares), disseram as companhias em documentos nesta sexta-feira.

A China Mobile, a maior operadora de telefonia móvel do mundo em número de assinantes, deterá uma fatia de 40 por cento da companhia. A China Unicom (Hong Kong) vai subscrever ações equivalentes a 30,1 por cento da companhia. A China Telecom, a menor das três operadoras, terá uma fatia de 29,9 por cento.

A companhia de torres, chamada China Communications Facilities Services Corporation Limited, irá se "engajar primariamente na construção, manutenção e operação de torres de telecomunicação", disse o documento da China Telecom enviado à bolsa de valores de Hong Kong.

As operadoras "estão em um estágio preliminar de considerar a injeção de certos ativos de telecomunicações", disse o comunicado da China Unicom.

A cara implementação de redes móveis 4G de alta velocidade tem pesado sobre as companhias, sendo que cada uma das quais teve que construir suas próprias torres de telecomunicações para aumentar a cobertura de rede pela China.

A joint venture de torres poderia reduzir os gastos individuais pelas firmas e permitir que elas compartilhem a infraestrutura, além de aumentar a qualidade e a cobertura da rede de cada operadora.

(Por Paul Carsten)