Executiva do Yahoo é processada por assédio sexual

sábado, 12 de julho de 2014 13:00 BRT
 

Por Devika Krishna Kumar

(Reuters) - Uma importante executiva do Yahoo está sendoprocessada na Califórnia por uma mulher que era sua subordinada e a acusa de assédio sexual e demissão injusta. Maria Zhang, diretora de engenharia do Yahoo Mobile, foi processada por Nan Shi, que trabalhou com ela como engenheira de software a partir de fevereiro de 2013, de acordo com o processo que foi aberto no Tribunal Superior de Santa Clara, em San José, Califórnia, em 8 de julho. Shi alega que Zhang a forçou a fazer sexo oral e virtual com ela várias vezes em Sunnyvale, California, e que a chefe disse que ela teria um "futuro brilhante" no Yahoo se fizessem sexo. Shi quer uma indenização e outras punições contra a ex-chefe. O processo também coloca o Yahoo como réu. "Absolutamente não há base ou verdade nas acusações contra Maria Zhang. Maria é uma executiva exemplar do Yahoo e pretendemos lutar com vigor para limpar o seu nome", disse um representante do Yahoo por email. Zhang fundou sua própria empresa mobile, a Alike, que foi comprada pelo Yahoo em 2013. Ela também já trabalhou para Microsoft e Zillow antes de ser contratada pelo Yahoo, de acordo com seu perfil no LinkedIn.

(Reportagem de Devika Krishna Kumar em Bangalore)