Expansão do Netflix na Europa pode corroer lucro, dizem analistas

terça-feira, 22 de julho de 2014 15:04 BRT
 

(Reuters) - A planejada expansão do Netflix na Europa vai levar a companhia de streaming de vídeo ao crescimento, mas aumentará as despesas de conteúdo e markeking no curto prazo, disseram analistas.

As ações da companhia recuavam mais de 5 por cento na tarde desta terça-feira. O papel quase dobrou de preço no ano até o fechamento de segunda-feira.

Pelo menos 14 corretoras aumentaram seus preços-alvo para a ação da companhia em até 75 dólares para um pico de 550 dólares nesta terça, um dia depois de a empresa informar que seu lucro mais do que dobrou no trimestre encerrado em 30 de junho.

O Netflix disse que planeja uma expansão para Alemanha, França, Aústria, Suíça, Bélgica e Luxemburgo em setembro, aumentando seu mercado potencial para mais de 180 milhões de lares com banda larga, o dobro do atual mercado norte-americano.

"O lançamento em seis novos mercados europeus parece ser mais caro do que o antecipado", disseram os analistas da Janney Capital Markets, em relatório.

O Netflix, que agora possui mais de 50 milhões de assinantes, já tem presença na Europa em países como Reino Unido, Dinamarca, Noruega, Suécia e Finlândia.

A companhia adicionou 1,12 milhão de clientes em mercados internacionais no segundo trimestre, mais dos que os 570 mil que adicionou nos Estados Unidos.

Os negócios internacionais do Netflix devem ter prejuízo ou ficar no "modo de margens iniciais" nos próximos anos, escreveram em nota a clientes analistas da RBC Capital Markets.

De 37 analistas que cobrem o Netflix, 18 tem recomendação de "compra" ou uma classificação mais alta para a ação, 14 recomendam "manutenção" e cinco sugeram "venda", de acordo com dados da StarMine.

(Por Supantha Mukherjee em Bangalore)