Ações da Telefônica Brasil recuam após oferta por GVT

terça-feira, 5 de agosto de 2014 10:30 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As ações da Telefônica Brasil abriram em forte queda, depois que a empresa e sua controladora na Espanha anunciaram mais cedo oferta de 20,1 bilhões de reais para comprar a operadora brasileira especializada em banda larga GVT.

Às 10h24, a ação preferencial da Telefônica Brasil exibia queda de 4,43 por cento, a 44,18 reais, enquanto a ordinária --que não integra o Ibovespa-- perdia 3,39 por cento, a 37,90 reais. O Ibovespa tinha desvalorização de 0,25 por cento.

"O movimento (da Telefônica) pode ser visto com surpresa num primeiro momento, e o valor do negócio e a diluição (da participação dos acionistas) pode causar um impacto negativo inicial nas ações", escreveram em nota a clientes os analistas Mauricio Fernandes e Rodrigo Villanueva, do Bank of America Merrill Lynch.

"Contudo, nós esperamos que isso seja mitigado pelo que consideramos ser um movimento que parece ser muito estratégico", acrescentaram os analistas do BofA.

(Por Alberto Alerigi Jr.)