Fox, de Murdoch, vai defender negócio com Time Warner na quarta-feira

terça-feira, 5 de agosto de 2014 10:56 BRT
 

(Reuters) - Rupert Murdoch, da Twenty-First Century Fox, deve fazer defesa veemente da fusão com a Time Warner durante teleconferência de resultados trimestrais na quarta-feira, embora pesoas familiarizadas com os planos da companhia disseram que ela não usará esse espaço para elevar sua oferta.

A Time Warner deve divulgar seus resultados financeiras na quarta-feira também, marcando a primeira vez que executivos de ambas as companhias vão falar em público desde que a oferta foi revelada em 16 de julho.

A Fox ofereceu comprar a Time Warner por cerca de 80 bilhões de dólares, ou cerca de 85 dólares por ação, em dinheiro e ações. A Time Warner recusou a oferta, dizendo que seu plano de seguir sozinha "é superior a qualquer proposta" da Fox.

Embora espere-se que a Fox eleve a oferta, a empresa não o fará para além da faixa de 90 dólares a 95 dólares por ação, disse à Reuters uma pessoa familiar com a Fox. O momento em que a oferta será feita não está claro. Alguns analistas disseram que uma oferta ainda mais alta seria necessária para conquistar a administração e os acionistas da Time Warner.

Um porta-voz da Fox não quis comentar.

Uma potencial aliança criaria um dos maiores conglomerados de mídia do mundo, dominando a produção de conteúdo com dois importantes estúdios, um grupo de redes a cabo como a Fox News e a TNT, redes de transmissão e o canal de TV paga HBO.

(Por Jennifer Saba)