Entrega de ações da Tel Italia para Vivendi pode ser passo para Telefônica acatar Cade

quarta-feira, 6 de agosto de 2014 10:35 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A eventual entrega à francesa Vivendi das ações da Telecom Italia detidas pela espanhola Telefónica seria "um passo" no cumprimento da decisão do ano passado do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), disse nesta quarta-feira o presidente do órgão brasileiro antitruste, Vinícius de Carvalho.

O grupo espanhol fez oferta de compra da brasileira GVT, controlada pela Vivendi, e uma das formas de pagamento envolveria transferir sua fatia na Telecom Italia aos franceses.

O Cade determinou em 2013 que a Telefónica se desfaça de sua participação na Telecom Italia ou encontre um sócio, no Brasil, para a Telefônica Brasil, que opera sob a marca Vivo.

Segundo Carvalho, a análise antitruste de uma eventual compra da GVT pela Telefónica seria desvinculada do caso no Cade que envolve a participação da Telefónica na Telecom Italia, que no Brasil é dona da TIM Participações.

(Por Leonardo Goy)