Amazon.com constrói presença no varejo físico com dispositivo de leitura de cartões

quarta-feira, 13 de agosto de 2014 13:10 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Amazon.com revelou um aplicativo para dispositivos móveis e um leitor de cartão de crédito de 10 dólares para negócios com lojas físicas nesta quarta-feira, marcando a investida mais recente da varejista online norte-americana para ampliar sua presença no mundo físico.

A jogada coloca a Amazon contra uma série de rivais, incluindo a startup Square, que popularizou um dispositivo de pagamentos que permite que negócios de pequeno e médio porte como vans de alimentos, cafeterias e personal trainers aceitem de maneira rápida o pagamento com cartões de crédito e débito.

O novo sistema de ponto de venda, chamado Amazon Local Register, pode dar à Amazon dados cruciais sobre como consumidores dos Estados Unidos compram fora da Internet. Mais de 90 por cento das vendas de varejo nos EUA ainda ocorrem em lojas físicas, segundo dados do governo norte-americano.

A Amazon espera cortejar pequenos negócios em parte ao cobrar taxas menores que o PayPal, unidade do eBay, e a Square. Aqueles que se registrarem no programa da Amazon antes de 31 de outubro serão cobrados em 1,75 por cento por cada transação com cartões até janeiro de 2016.

Para aqueles que se registrarem depois de outubro, a Amazon levará um fatia de 2,5 por cento de cada transação com cartão, ainda menos que a taxa única de transação de 2,75 por cento da Square e os 2,7 por cento do PayPal.

(Por Deepa Seetharaman)