Investidor da Telecom Italia diz que TIM Participações não sairia barata

terça-feira, 2 de setembro de 2014 10:15 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O investidor da Telecom Italia Marco Fossati disse que qualquer oferta pela TIM Participações deverá avaliar a companhia brasileira em cerca de 11 vezes o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação), ou o dobro do seu valor de mercado atual de 10 bilhões de euros (13 bilhões de dólares).

A consolidação no Brasil está se aquecendo após a Oi revelar planos na semana passada para assumir a TIM, e após a Telefónica iniciar negociações exclusivas para comprar a operadora de banda larga brasileira GVT, da francesa Vivendi.

"Se operadoras brasileiras querem reduzir o número de competidores de quatro para três, com sinergias enormes, seria melhor se apresentassem uma oferta que avalia a TIM em 11 vezes o seu Ebitda", disse Fossati à Reuters, em uma entrevista por telefone na terça-feira.

"Caso contrário, nós não vamos levá-la em consideração", disse.

O empresário italiano, segundo maior investidor no grupo italiano, com uma participação de pouco menos de 5 por cento, disse que a saída da Telefónica da Telecom Italia é positiva e que ele é favorável à possível entrada da Vivendi no capital da operadora italiana.

(Reportagem de Stefano Rebaudo)