Varejista Home Depot investiga "atividades incomuns" com dados de clientes

terça-feira, 2 de setembro de 2014 17:30 BRT
 

(Reuters) - A rede de lojas de artigos para o lar Home Depot disse nesta terça-feira que está trabalhando com agentes da lei para investigar "atividades incomuns" com dados de clientes, mas que não poderia confirmar se virou a mais recente varejista a ser afetada por uma falha de segurança em grande escala.

As ações da Home Depot caíram 2 por cento com a notícia.

"Neste momento, posso confirmar que estamos apurando alguma atividade incomum e estamos trabalhando com nossos parceiros bancários e com agentes da lei para investigar", afirmou Paula Drake, representante da companhia, em comunicado à Reuters.

A declaração acontece depois que o site de segurança KrebsonSecurity reportou que vários bancos tinham visto provas de que a Home Depot poderia ser a fonte de cartões de crédito e débito roubados colocados à venda no mercado clandestino.

Clientes de empresas de varejo enfrentaram uma grande violação de dados durante a temporada de férias em 2013, quando hackers roubaram ao menos 40 milhões de números de cartões de pagamento e 70 milhões de outros dados da Target.

(Reportagem de Nandita Bose e Nathan)