Facebook mira anunciantes enquanto atinge 100 milhões de logins na África

segunda-feira, 8 de setembro de 2014 10:44 BRT
 

JOANESBURGO, 8 Set (Reuters) - Um em cada dez africanos fazem login no Facebook todo mês, disse a maior rede social do mundo nesta segunda-feira, apresentando um novo público-alvo para anunciantes.

Destas 100 milhões de pessoas, 80 por cento acessam a plataforma através de celulares em um continente com penetração muito baixa de Internet e com número pequeno de proprietários de smartphones, disse a companhia.

A receita global do Facebook com anúncios móveis saltou mais de 150 por cento no segundo trimestre, respondendo por cerca de 62 por cento da receita geral com anúncios.

"Existe uma oportunidade fantástica para negócios tanto para empresas locais ou globais. Saber que existem todas estas pessoas na África com as quais é possível se conectar, isso é animador também", disse Nicola Mendelsohn, vice-presidente do Facebook para Europa, Oriente Médio e África.

Sete em cada 10 consumidores da África acessam a Internet através de celulares, em comparação a 6 por cento que usam computadores, segundo estudo da Ericsson do começo deste ano.

O Facebook estaria colocando mais recursos na África para entender como consumidores usam seu produto e está ponderando abrir um escritório no continente em 2015, disse Mendelsohn, sem especificar onde o escritório estará localizado.

A companhia está personalizando produtos para se adequar às necessidades de países individualmente, ela acrescentou. Por exemplo, produtos podem ser direcionados para usuários diferentes com base em suas velocidades de Internet.

O Facebook tem mais de 1,5 milhão de anunciantes ativos e mais de 1,3 bilhão de usuários ativos no mundo todo.

(Por Helen Nyambura-Mwaura)