Venda de smartphones no Brasil sobe 22% no 2o tri, para 13,3 milhões

sexta-feira, 12 de setembro de 2014 15:44 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Brasil registrou vendas de 13,3 milhões de smartphones no segundo trimestre, aumento de 22 por cento frente ao mesmo período do ano passado, segundo dados da consultoria IDC Brasil divulgados nesta sexta-feira.

No total, foram vendidos 17,9 milhões de aparelhos de celular de abril a junho, sendo 75 por cento smartphones e 25 por cento feature phones (telefones mais simples).

Já as vendas de feature phones caíram 16 por cento, a 4,6 milhões de unidades. "O resultado do segundo trimestre para smartphones ficou acima da nossa previsão e é um recorde de vendas não só no Brasil, mas no mundo inteiro", disse Leonardo Munin, analista de mercado da IDC Brasil, em comunicado.

A expectativa é que a tendência persista e um novo recorde ser batido nos dois trimestres seguintes, disse Munin. "Os dados confirmam que a instabilidade vista em outros segmentos da tecnologia da informação e o baixo crescimento da economia não afetaram a categoria de smartphones.

Segundo o analista, a alta das vendas reflete a ampliação do portfólio de produtos das fabricantes aliado à queda nos preços, além de um maior investimento dos canais varejistas. Munin também citou a prorrogação da isenção de impostos para smartphones por parte do governo.

(Por Luciana Bruno)