Índices globais MSCI podem incluir Alibaba por pedido de investidores

sexta-feira, 12 de setembro de 2014 18:36 BRT
 

(Reuters) - A provedora de índices de ações MSCI está considerando mudar suas regras para permitir que o Alibaba [IPO-BABA.N] e outras companhias que listam suas ações em mercados distantes sejam incluídas em seus índices amplamente usados.

O MSCI anunciou na semana passada que considerava mudar suas regras na semana passada, mas não explicou a razão para as mudanças: questões de investidores em meio a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Alibaba, disseram à Reuters fontes da indústria financeira.

Os investidores argumentam que a MSCI ignorar ações como as da Alibaba impede o rastreamento com precisão do desempenho de empresas internacionais, de acordo com fontes envolvidas nas discussões, que preferiram o anonimato porque não têm permissão para falar com a imprensa.

     O Alibaba, uma varejista online chinesa, planeja vender 24 bilhões de dólares em ações na próxima semana na bolsa de Nova York, em uma listagem que pode ser o maior IPO da história.

     Segundo as regras do MSCI, uma empresa não pode ser incluída no seu maior índice se está baseada em uma região e suas ações estão listadas em uma área diferente. O fato de o Alibaba não ser listado na Ásia e sim em Nova York, a empresa seria excluída das grandes índices MSCI.

      Quaisquer alterações às regras provavelmente terão que esperar pelo menos até março de 2015, de acordo com uma pessoa familiarizada com a situação que não quis ser identificada porque não é autorizada a falar com a imprensa.

     Uma porta-voz MSCI se recusou a comentar.

(Por Jessica Toonkel, reportagem adicional de Ashley

Lau em Nova York)