Microsoft corta 3 mil empregos e praticamente conclui plano de julho

quinta-feira, 30 de outubro de 2014 07:59 BRST
 

SEATTLE, Estados Unidos (Reuters) - A Microsoft vai cortar cerca de 3 mil empregos, efetivamente concluindo plano de reduzir seu quadro de funcionários em 18 mil pessoas, ou 14 por cento do total de postos de trabalho, anunciado em julho.

A maioria dos 18 mil cortes aconteceram na área celulares que a Microsoft comprou da Nokia no começo deste ano.

“Demos outro passo que concluirá quase totalmente a redução de 18 mil (vagas) anunciada em julho", disse um porta-voz da Microsoft. "As reduções que aconteceram hoje estão espalhadas em muitas unidades de negócios diferentes e muitos países diferentes".

Ele disse que 638 cortes na quarta-feira foram feitos no Estado norte-americano da Microsoft, em Washington.

A Microsoft, maior companhia de software do mundo, terá cerca de 110 mil funcionários quando os cortes de empregos forem concluídos.

A companhia contabilizou encargo de 1,1 bilhão de dólares no mais recente resultado trimestral para a reestruturação e integração da operação de telefones da Nokia e os cortes de empregos relacionados.