Sharp diz estar considerando venda de unidade de energia solar nos EUA

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014 09:51 BRST
 

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Sharp disse nesta segunda-feira que está considerando a venda de sua unidade de desenvolvimento de energia solar baseada nos Estados Unidos, a Recurrent Energy, para a Canadian Solar, mas que ainda precisa tomar uma decisão final sobre qualquer acordo.

No domingo, o jornal de negócios Nikkei noticiou que a Sharp havia acordado a venda da Recurrent para a empresa canadense por cerca de 30 bilhões de ienes (247 milhões de dólares) e que o acordo poderia ser concluído no início do próximo ano.

Em uma declaração sobre a Recurrent, a Sharp disse que estava considerando várias possibilidades, incluindo a venda da empresa, mas que não havia decisões finais até o momento.

A Sharp pagou 305 milhões de dólares em dinheiro em 2010 para adquirir a Recurrent Energy. Vender a empresa agora ajudaria a Sharp levantar recursos em um momento em que luta para levar sua estrutura de capital a um patamar saudável.

Este ano, a Sharp fechou sua unidade britânica de energia solar e também saiu de uma parceria com a empresa italiana de energia Enel SpA para fazer painéis solares e gerar energia solar.

(Por Osamu Tsukimori)