TIM fica abaixo de parâmetros de qualidade de banda larga em 18 estados em setembro

terça-feira, 9 de dezembro de 2014 21:11 BRST
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A TIM Participações ficou abaixo do patamar mínimo de qualidade na banda larga móvel em 18 estados analisados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em setembro, enquanto a Oi ficou abaixo em treze estados, informou a agência nesta terça-feira.

Segundo a Anatel, os resultados da banda larga móvel referentes aos indicadores da prestadora Claro em quatro estados - Acre, Amapá, Santa Catarina e Sergipe - não foram divulgados devido à identificação de inconsistências no mapa de cobertura apresentado pela prestadora, o que comprometeu a validade das medições. "Essas inconsistências já estão sendo corrigidas pela prestadora e a Anatel adotará as medidas administrativas cabíveis", disse a agência.

A Oi ficou abaixo dos parâ metros de qualidade da Anatel em 22 Estados no caso da banda larga fixa. Vale lembrar, no entanto, que a operadora foi a única provedora de banda larga fixa avaliada em alguns dos estados, como Acre e Rondônia.

Procurada, a Oi disse que está priorizando investimentos em suas redes de telecomunicações para melhora da qualidade do serviço aos clientes em todas as regiões.

"Sobre os resultados da medição de qualidade de banda larga feita pela Anatel, a Oi esclarece que as situações em que as metas estipuladas não foram alcançadas já foram mapeadas e estão sendo cuidadosamente analisadas e tratadas pela companhia", disse a empresa.

A TIM não se pronunciou sobre o tema e a Claro não foi encontrada para comentar.

(Por Luciana Bruno)