Baidu, da China, investirá em aplicativo de solicitação de táxis Uber

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014 13:02 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - O motor de busca Baidu vai investir na Uber Technologies, desenvolvedora do aplicativo para solicitação de táxis, disse nesta sexta-feira uma pessoa familiarizada com o assunto, com a empresa tornando-se a mais recente companhia chinesa de Internet a ter interesse no crescente mercado de aplicativos de transporte.

O total do investimento do Baidu e em quanto ele avalia o Uber não são conhecidos, mas a empresa chinesa agendou uma coletiva de imprensa em 17 dezembro, em Pequim, para anunciar um investimento em uma startup norte-americana, sem identificar a companhia.

A estatal China National Radio relatou o acordo mais cedo nesta semana.

A aliança do Uber com o Baidu se espelha em parcerias entre os aplicativos chineses dominantes de solicitação de táxi Kuaidi Dache e Didi Dache, que receberam o apoio de rivais da Baidu, o Alibaba e a Tencent, respectivamente.

O Uber disse no começo deste mês que captou fundos que avaliaram a companhia em 40 bilhões de dólares, levando-a ao grupo das empresas de capital fechado mais valiosas do mundo.

A startup norte-americana sofreu vários reveses nesta semana. A Tailândia e a Espanha estão entre os países que interromperam os serviços do aplicativo por motivos regulatórios, enquanto na Índia a prisão de um motorista do Uber acusado de estupro levou a uma proibição e uma revisão de segurança.

Uma porta-voz do Uber em Cingapura não respondeu a um pedido por comentários.

(Por Gerry Shih)