Conselho da Portugal Telecom SGPS reúne-se nesta 6ª para avaliar suspensão de assembleia

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015 15:08 BRST
 

LISBOA (Reuters) - O Conselho de Administração da Portugal Telecom SPSG irá se reunir na tarde desta sexta-feira para avaliar a possibilidade de suspender ou adiar a assembleia de acionistas marcada para 12 de janeiro com o objetivo de analisar a venda dos ativos portugueses da Oi para o grupo europeu Altice, segundo uma fonte ligada à empresa portuguesa.

Em carta à qual a Reuters teve acesso, o presidente da mesa da assembleia da Portugal Telecom SGPS, António Menezes Cordeiro, defende o fim dos contratos de fusão entre a empresa e a Oi, já que estes não foram cumpridos após a operadora brasileira ter fechado acordo para vender os ativos portugueses à Altice.

"O Conselho da Portugal Telecom SGPS reúne-se à tarde para avaliar a situação da assembleia, nomeadamente se é possível um adiamento desta assembleia", disse a fonte ligada à Portugal Telecom SGPS.

A CMVM, reguladora dos mercados portugueses, suspendeu nesta sexta-feira a negociação das ações da Portugal Telecom SGPS até ser divulgada informação relevante. A reguladora quer mais dados para que os acionistas possam tomar uma decisão de forma "ponderada e esclarecida" na assembleia.

Em 7 de janeiro, o Conselho da Portugal Telecom SGPS reiterou a data da assembleia, alertando, porém, que a aprovação da alienação representará o abandono dos termos da fusão.

A CMVM disse, no entanto, que esse comunicado ao mercado não foi suficiente para suprir a falta de informação aos acionistas.

A proposta de venda dos ativos precisa ser aprovada por 2/3 dos votos dos acionistas presentes, um apoio que, segundo analistas, não está garantido. Um adiamento da votação é outro cenário possível.

(Por Sérgio Gonçalves)