Intel prevê receitas decepcionantes; ações caem

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 20:31 BRST
 

(Reuters) - A fabricante de processadores Intel Corp prevê receitas do atual trimestre e margem bruta decepcionantes, o que fez suas ações caírem cerca de 2 por cento no after market.

As receitas de seu negócio de computadores pessoais caiu cerca de 3 por cento, para 8,9 bilhões de dólares no quarto trimestre na comparação com o anterior, levantando dúvidas sobre a recuperação do negócio de computadores pessoais.

Os embarques globais de computadores pessoais caíram 2,4 por cento no quarto trimestre de 2014, de acordo com a empresa de pesquisas IDC, enquanto o mercado desacelerou na comparação com o terceiro trimestre.

A empresa prevê receitas de 13,76 bilhões de dólares no primeiro trimestre, com margem de 500 milhões de dólares para mais ou para menos, e margem bruta de cerca de 60 por cento, muito abaixo dos 65,4 por cento registrados no quarto trimestre.

A média dos analistas esperava receitas de 13,77 bilhões de dólares, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

Apesar de superar a meta de ver seus chips sendo usados por 40 milhões de tablets este ano, os altos subsídios que a Intel ofereceu pesaram sobre a perda operacional em seu negócio móvel.

O lucro líquido subiu para 3,66 bilhões de dólares, ou 0,74 dólar por ação, para o trimestre encerrado em 27 de dezembro, de 2,6 bilhões de dólares, ou 0,51 dólar por ação, um ano antes.

As receitas subiram para 14,7 bilhões de dólares, de 13,8 bilhões de dólares.

A média dos analistas esperava lucro de 0,66 dólar por ação e receitas de 14,71 bilhões de dólares, de acordo com Thomson Reuters I/B/E/S.

As ações da empresa com sede em Santa Clara, na Califórnia, fecharam em 36,35 dólares na Nasdaq nesta quinta-feira.

(Por Anya George Tharakan e Bill Rigby)