Rede social chinesa Tencent fecha 133 contas por "distorção da história"

terça-feira, 20 de janeiro de 2015 17:50 BRST
 

PEQUIM (Reuters) - A Tencent Holdings Ltd, maior empresa de rede social da China, fechou 133 contas em seu popular aplicativo de mensagens por celular por "distorção da história" pelos usuários, informou nesta terça-feira a mídia estatal, citando a autoridade do governo responsável pela Internet.

As contas censuradas "eram contra as leis e as regulações", "desobedeceram valores socialistas importantes" e "perturbaram gravemente a ordem online", segundo a Administração do Ciberespaço da China.

A Tencent se recusou a comentar imediatamente o assunto.

A China opera o mecanismo de censura mais sofisticado do mundo, conhecido como "Grande Firewall". Os censores mantêm um estrito controle sobre o que pode e não pode ser publicado na Internet, especialmente qualquer coisa que possa minar o Partido Comunista.

(Por Paul Carsten)