Sindicato desiste de ação judicial contra venda da PT Portugal à Altice

terça-feira, 27 de janeiro de 2015 16:49 BRST
 

LISBOA (Reuters) - O Sindicato dos Trabalhadores da Portugal Telecom (STPT) desistiu da disputa judicial contra a aprovação da venda da PT Portugal pela Oi aos franceses da Altice, e quer iniciar uma negociação direta com os novos donos da líder de telecomunicações do país.

Na semana passada, assembleia de acionistas da Portugal Telecom SGPS aprovou a venda da PT Portugal à Altice por 7,4 bilhões de euros.

O sindicato trabalhou pela suspensão da assembleia, antes da decisão, defendendo a reversão da fusão entre a Portugal Telecom e Oi, por considerar que a operadora brasileira violou os acordos iniciais de criar uma empresa global de língua portuguesa com a união entre as duas companhias.

Em comunicado, o sindicato disse que decidiu avançar com uma proposta de suspensão da decisão.

"No entanto, o sindicato não tem legitimidade para requerer a suspensão, pois sendo a Portugal Telecom SGPS uma sociedade aberta, a suspensão só poderia ser requerida por acionistas que possuam ações correspondentes a, pelo menos, 0,5 por cento do capital social, o que não é o caso do sindicato", explicou.

Na segunda-feira, a Associação de Investidores e Analistas Técnicos (ATM) pediu que a Altice dê à Portugal Telecom SGPS e seus acionistas uma opção, no longo prazo, de comprar 20 por cento da PT Portugal pelo mesmo preço que a francesa pagou pela empresa.

O sindicado disse apoiar a iniciativa da ATM.

APROFUNDAR DIÁLOGO   Continuação...