Yahoo planeja cindir fatia no Alibaba sem pagar impostos; ações sobem

terça-feira, 27 de janeiro de 2015 21:05 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - O Yahoo revelou um plano para cindir sua participação de 15 por cento no portal chinês Alibaba sem ter que pagar impostos, no primeiro passo de um processo altamente antecipado de separar o negócio, avaliado em cerca de 40 bilhões de dólares.

As ações do Yahoo subiram cerca de 7 por cento, para 51,45 dólares, no after-market nesta terça-feira, na sequência da cisão e dos resultados, que superaram as expectativas de analistas apesar das receitas ficarem levemente abaixo do esperado.

Acionistas avaliam que o Yahoo e sua fatia no Alibaba valeriam mais separadamente, contanto que as ações do Alibaba não estejam sujeitas à taxa fiscal de 35 por cento que incorreria em sua venda.

O valor de mercado do Yahoo, de 45 bilhões de dólares, enquanto sua fatia no Alibaba é de cerca de 40 bilhões de dólares, significando que o atual preço das ações do Yahoo atribui pouco valor ao negócio principal. Alguns investidores acreditam que o e-mail, o site e outras operações valem entre 7 bilhões e 8 bilhões de dólares.

A receita do Yahoo, excluindo taxas pagas a websites parceiros, caiu 1,8 por cento nos últimos três meses de 2014, na comparação anual, para 1,18 bilhão de dólares, um pouco abaixo das expectativas de Wall Street. A média de analistas consultados pela Thomson Reuters I/B/E/S apontava para receita ajustada de 1,185 bilhão de dólares.

O Yahoo disse que lucrou 0,30 dólar por ação no quarto trimestre, excluindo certo itens, superando em 0,01 dólar o consenso das estimativas de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Reportagem de Alexei Oreskovic)

((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))

REUTERS AAP LB JS LB