Receitas do Google ficam abaixo das previsões de Wall Street; ações caem

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 20:55 BRST
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - As receitas do Google subiram 15 por cento no quarto trimestre, abaixo das previsões de Wall Street, com a queda dos preços dos anúncios online e taxas de câmbio desfavoráveis no exterior.

As ações do Google suibram 0,1 por cento, para 510,66 dólares, no after-market desta quinta-feira.

O Google disse que a média de preço de seus anúncios online, ou "custo por clique", caiu 3 por cento ano contra ano no quarto trimestre, enquanto o número de cliques de consumidores em seus anúncios baixaram 14 por cento.

A receita de publicidade do Google ficou sob pressão com acesso de mais consumidores a seus serviços online em dispositivos móveis como smartphones e tablets, cujas taxas são tipicamente mais baixas.

As receitas consolidadas nos três meses encerrados em 31 de dezembro totalizaram 18,10 bilhões de dólares, comparadas a 15,71 bilhões de dólares um ano antes. Analistas ouvidos pela Thomson Reuters I/B/E/S esperavam receitas de 18,46 bilhões de dólares.

O diretor financeiro, Patrick Pichette, disse em comunicado que a receita cresceu "apesar das dificuldades com moedas".

O lucro líquido subiu para 4,76 bilhões de dólares, ou 6,91 dólares por ação, ante 3,38 bilhões de dólares, ou 4,95 dólares por ação, um ano antes. O lucro ajustado por ação de 6,88 dólares ficou abaixo das expectativas de analistas de 7,11 dólares.

(Por Alexei Oreskovic)

((Tradução Redação Rio de Janeiro, 55 21 2223 7155))

REUTERS JS LB