Telefónica vai cortar investimentos em fibra óptica depois de proposta antitruste

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015 15:15 BRST
 

MADRI (Reuters) - A Telefónica decidiu reduzir sua previsão de investimentos em rede de fibra óptica após o órgão antitruste da Espanha dizer que estava analisando obrigar a empresa a abrir sua rede para rivais.

A Telefónica detém atualmente cerca de 85 por cento da rede de fibra óptica da Espanha, que está usando para oferecer pacotes integrados de Internet em alta velocidade, televisão on-demand e telefone.

"A proposta da CNMC de abrir a fibra óptica na maior parte do país obriga revisão futura dos investimentos e sobre onde eles serão", de acordo com um relatório interno da Telefónica visto pela Reuters na segunda-feira.

Em dezembro, a agência reguladora da concorrência CNMC propôs que a Telefónica abrisse a sua rede de cabo de fibra óptica em toda a Espanha, exceto em nove grandes cidades, para assegurar a concorrência e promover investimento em redes de acesso de nova geração.

A Telefónica planeja cortar a colocação da rede de cabos em 35 por cento, ou para cerca de 3,6 milhões de casas este ano, ante os 5,5 milhões planejados inicialmente, como resultado da proposta CNMC, de acordo com o documento.

(Por Robert Hetz)

((Tradução Redação São Paulo 55 11 5644 7763))

REUTERS AFR LB