Claro eleva prejuízo trimestral sob peso de pior resultado financeiro

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 08:01 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Claro Telecom Participações, controlada pelo grupo mexicano América Móvil, viu seu prejuízo aumentar expressivamente no quarto trimestre, diante de piora no resultado financeiro e maior pagamento de impostos.

Entre outubro e dezembro, o prejuízo consolidado da companhia somou 781,3 milhões de reais, ante resultado negativo de 254,5 milhões de reais um ano antes.

A Claro informou uma queda de 7,9 por cento na receita líquida no trimestre, a 3,64 bilhões de reais, principalmente devido ao efeito na redução da tarifa de interconexão (VU-M).

"Excluindo esse efeito, a variação da receita seria crescimento de 8,3 por cento", disse a companhia.

Apesar da diminuição nessa linha, a empresa de telecomunicações ainda atingiu resultado operacional positivo, beneficiada pela queda de 13,8 por cento nos custos e despesas no trimestre.

No período, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização da companhia (Ebitda) somou 944,9 milhões de reais, alta de 14,6 por cento sobre o resultado de igual etapa de 2013.

Mas a última linha do balanço foi impactada por um resultado financeiro negativo em 1,4 bilhão de reais no trimestre, na comparação com 498,6 milhões de reais em igual etapa de 2013.

Ao mesmo tempo, a companhia viu sua conta com imposto de renda e contribuição social subir 260,2 por cento na base anual, a 384,7 milhões de reais.

No acumulado de 2014, a Claro registrou crescimento de 1,1 por cento na receita líquida, a 13,84 bilhões de reais, com queda de 14,4 por cento no prejuízo líquido, a 1,08 bilhão de reais.

(Por Marcela Ayres)