Governo dos EUA pede que clientes da Lenovo removam software Superfish

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015 18:38 BRST
 

BOSTON (Reuters) - O Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos pediu nesta sexta-feira que os clientes da Lenovo removam o software conhecido como "Superfish", que foi instalado em algumas máquinas da maior fabricante de PCs do mundo em 2010.

O Departamento de Segurança Interna disse em um alerta divulgado pelo Sistema Nacional de Alertas Cibernéticos que o software tornava os usuários vulneráveis a um tipo de ataque cibernético conhecido como SSL spoofing.

"Sistemas que vêm com o software já instalado continuarão a ficarem vulneráveis até que ações corretivas sejam tomadas", disse a agência.

(Por Jim Finkle)