Telefônica Brasil tem lucro praticamente estável, mas acima do esperado no 4º tri

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 20:36 BRT
 

Por Luciana Bruno

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Telefônica Brasil, líder em telefonia móvel no Brasil com a marca Vivo, teve avanço anual de 2,4 por cento no lucro líquido do quarto trimestre, em um resultado divulgado nesta terça-feira acima do esperado pelo mercado.

A companhia teve lucro líquido de 1,26 bilhão de reais nos últimos três meses de 2014 ante expectativa média de analistas apurada pela Reuters de resultado positivo de 1,102 bilhão de reais para o período.

A geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) teve queda de 4,3 por cento sobre o mesmo trimestre de 2013, a 2,748 bilhões de reais, ante previsão média de analistas de 2,771 bilhões.

O resultado final da companhia controlada pela espanhola Telefónica foi ajudado por recuo 5,4 por cento na linha de depreciação e amortização, a 1,35 bilhão de reais, principalmente devido ao ganho obtido na revisão periódica da vida útil de ativos imobilizados ocorrida a partir do segundo trimestre.

Entre outubro e dezembro, a receita líquida da Telefônica Brasil teve leve queda de 0,1 por cento sobre igual trimestre de 2013, a 9,05 bilhões de reais. Enquanto o faturamento da telefonia móvel avançou 2,7 por cento, a 5,92 bilhões de reais, a receita com serviços fixos caiu 4,8 por cento, a 2,83 bilhões de reais.

Em teleconferência com analistas após a divulgação do balanço, o diretor financeiro da companhia, Alberto Horcajo, admitiu o enfraquecimento das receitas e enfatizou o foco na redução de custos.

"Reconhecemos que temos uma fraca receita e a menos que trabalhemos no lado dos custos, é difícil manter o nível de receita que esse negócio demanda", disse o diretor-financeiro.

"Há planos para revisar muitos contratos que temos, porque esta é uma economia que demanda isso", declarou.   Continuação...