Sony Mobile demite 1.000 funcionários na Suécia

segunda-feira, 9 de março de 2015 14:39 BRT
 

ESTOCOLMO (Reuters) - A Sony Mobile entregou avisos de demissão a cerca de 1.000 funcionários em Lund, no sul da Suécia, como parte de um programa de cortes de empregos anunciados anteriormente, informou a mídia sueca.

Depois de vender sua divisão de PCs e se separar da área de televisores, a Sony anunciou em fevereiro que vai cortar 2.100 empregos na unidade de dispositivos móveis, incluindo as 1.000 eliminações já anunciadas, até o final de março de 2016 para lidar com a queda nos preços de celulares inteligentes.

O grupo japonês comprou em 2012 a participação da sueca Ericsson em uma joint-venture criada com a empresa em 2001 e a renomeou como Sony Mobile.

Representantes da Sony Mobilie não comentaram o assunto de imediato.

(Por Olof Swahnberg)