Google lança serviço de nuvem para "dados frios"

quarta-feira, 11 de março de 2015 14:12 BRT
 

(Reuters) - O Google lançou um serviço de armazenamento em nuvem para que usuários guardem "dados frios" e os acessem muito mais rapidamente que serviços tradicionais.

Organizações atualmente produzem quantidades maciças de dados sem precisar de todos de imediato, mas desejam reter estes dados para uso futuro.

O "Cloud Storage Nearline" do Google permitirá que usuários acessem dados armazenados em cerca de três segundos e cobrará 0,01 dólar por gigabyte de dado inativo, anunciou a companhia numa publicação em blog.

O serviço de nuvem da Amazon.com, o Amazon Web Services, oferece um serviço com preço similar chamado de Glacier. O serviço, porém, leva de três a cinco horas para preparar os dados para download.

O Google listou provedores de armazenagem de dados como a Symantec, NetApp e Iron Mountain como parceiros para o serviço.

(Por Sai Sachin)