Telefónica reúne nove bancos para aumento de capital de 3 bi de euros, diz fonte

quinta-feira, 19 de março de 2015 15:15 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A espanhola Telefónica reuniu nove bancos para promover seu aumento de capital de 3 bilhões de euros (3,2 bilhões de dólares) relacionado à compra da unidade brasileira da Vivendi, a GVT, disse uma fonte a par do assunto nesta quinta-feira.

UBS, Morgan Stanley e JPMorgan irão liderar a operação, que pode ser anunciada já na semana que vem, disse a fonte.

BofA Merrill Lynch, Barclays e HSBC também estão na operação, assim como os bancos espanhóis BBVA, CaixaBank e Santander, acrescentou a fonte.

Os bancos ou se recusaram a comentar ou não estavam imediatamente disponíveis.

O grupo de mídia francês Vivendi acertou a venda do negócio de banda larga GVT para a Telefónica em setembro do ano passado em um acordo composto de dinheiro e ações no valor de cerca de 7,2 bilhões de euros.

A Telefónica disse à época que financiaria a compra da GVT por meio de um aumento de capital de seu negócio brasileiro e da companhia controladora.

A Telefónica pretende incorporar a GVT a seu negócio de telefonia móvel Vivo para criar o maior grupo de telecomunicações do país, a Telefônica Brasil.

O acordo integra uma onda de consolidação no setor de telecomunicações, conforme as empresas do setor buscam cada vez mais oferecer pacotes de serviços móveis e fixos como Internet banda larga.

(Por Freya Berry; reportagem adicional de Sarah White e Jesus Aguado em Madri)