Telenet, da Liberty Global, comprará unidade belga da KPN por US$1,43 bi

segunda-feira, 20 de abril de 2015 09:06 BRT
 

Por Toby Sterling e Robert-Jan Bartunek

AMSTERDÃ/BRUXELAS (Reuters) - A Telenet, subsidiária belga da companhia de telecomunicações a cabo Liberty Global, anunciou nesta segunda-feira que fechou a compra da operadora local de redes móveis Base, do grupo holandês KPN, por 1,325 bilhão de euros (1,43 bilhão de dólares).

Para a Liberty Global, maior operadora europeia de serviços a cabo, a aquisição marca uma mudança de estratégia. A empresa disse anteriormente que não estava interessada em comprar ou desenvolver suas próprias redes de telefonia móvel em vez de alugar capacidade de rivais como uma operadora móvel com rede virtual.

No entanto, o acordo criará uma operadora muito mais forte no mercado móvel da Bélgica conforme os serviços de telecomunicações fixos e móveis convergem, com a companhia combinada tendo vendas estimadas de 2,4 bilhões de euros e lucro operacional ajustado de 1,1 bilhão de euros, anunciou a Telenet em comunicado.

"Apoiamos totalmente a aquisição da Base pela Telenet, que representa uma oportunidade única e com eficiência de custos para ampliar o negócio fixo e móvel da Telenet na Bélgica", disse o presidente-executivo da Liberty Global, Mike Fries, em comunicado.

"Em outros locais da Europa vamos continuar a focar primeiramente em nossos acordos existentes de operadora móvel com rede virtual e em desenvolver rapidamente redes WiFi para fornecer serviços de voz e dados móveis fluidos para nossos clientes", acrescentou.