Operadoras vão ter de melhorar comunicação com clientes sobre corte de Internet móvel

quinta-feira, 23 de abril de 2015 19:23 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - As operadoras de telefonia Claro, Oi, TIM, Vivo, Algar e Sercomtel firmaram nesta quinta-feira compromisso com o governo federal para iniciar um plano de aprimoramento da comunicação para esclarecer os consumidores sobre as condições de seus planos de Internet móvel.

A ideia é detalhar para os clientes como o serviço funciona. Um dos compromissos consiste em aprimorar e divulgar ferramentas que permitam ao consumidor acompanhar o consumo de sua franquia de dados.

Em 30 dias as empresas deverão preparar um código de conduta.

"Firmamos compromisso de entregar muito mais informações para os consumidores", disse o presidente da Claro, Carlos Zenteno, após reunião com o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini.

"A ação proativa das empresas vai prevenir dúvidas e reclamações por parte dos usuários", disse Zenteno.

Em fevereiro, o Ministério da Justiça cobrou esclarecimentos das operadoras sobre o bloqueio do acesso à Internet móvel dos clientes após o esgotamento de suas franquias de dados.

A estratégia de cortar a Internet móvel dos usuários após o esgotamento da franquia passou a ser adotada pelas operadoras nos últimos meses. Anteriormente, quando o limite da franquia era alcançado, o serviço era mantido mas com velocidade reduzida.

Segundo especialistas, o crescimento das receitas de dados das operadoras, de 20 por cento em média por ano, tende a se intensificar com a decisão de cortar a Internet após o consumo da franquia, o que pode elevar o número de consumidores que contratam pacote adicional.

(Por Leonardo Goy)