Nokia pode decidir manter unidade de navegação HERE

terça-feira, 5 de maio de 2015 12:59 BRT
 

HELSINQUE (Reuters) - A fabricante de equipamentos de redes de telecomunicações Nokia pode decidir não vender a divisão de navegação HERE quando concluir a reavaliação da unidade, disse o presidente do conselho da companhia, Risto Siilasmaa.

A companhia finlandesa confirmou no mês passado que está considerando uma possível venda do negócio, após anunciar a aquisição da rival de equipamentos de rede Alcatel-Lucent, numa transação totalmente em ações.

A HERE, avaliada em até 6,9 bilhões de euros, tem atraído interesse de montadoras de veículos e fornecedores de autopeças e também de serviços de Internet como o Facebook e o Uber.

Siilasmaa, no entanto, disse nesta terça-feira que não há um desfecho predeterminado da revisão, acrescentando que a empresa não está sendo obrigada a vender a HERE.

"Esse é o momento certo para a revisão, não apenas por causa do acordo com a Alcatel-Lucent mas também porque os mercados de navegação mudaram nos últimos anos", disse o executivo num discurso na assembleia geral de acionistas da companhia.

"Quero reiterar que a revisão não necessariamente levará à venda da HERE. Temos forte convicção nas possibilidades para desenvolver a HERE também como parte da Nokia. Acima de tudo, isso é uma questão de encontrar as melhores possibilidades para a HERE criar valor".