Groupon estima receita para 2015 abaixo das expectativas, afetado por dólar

quarta-feira, 6 de maio de 2015 11:10 BRT
 

(Reuters) - O Groupon fez uma projeção para sua receita consolidada no ano que ficou muito abaixo das expectativas de analistas na terça-feira, prejudicado por um dólar mais forte e faturamentos mais fracos que o esperado, um indicador importante que reflete a soma bruta coletada de consumidores.

Em abril, o Groupon acertou a venda de uma fatia de 46 por cento de seu negócio na Coreia do Sul como parte de seus esforços de restruturação.

O presidente-executivo, Eric Lefkofsky, disse à Reuters em entrevista que a companhia avaliará alternativas que ajudem a liberar valor para acionistas em países onde o Groupon questiona seu posicionamento estratégico de longo prazo, como fez na Coreia.

A companhia projetou receita entre 3,15 bilhões e 3,3 bilhões de dólares para 2015, abaixo dos 3,53 bilhões de dólares esperados em média por analistas, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

O Groupon teve faturamento bruto de 1,55 bilhão de dólares no primeiro trimestre, muito aquém da estimativa média entre analistas de 1,86 bilhão de dólares, segundo a empresa de pesquisa de mercado Factset StreetAccount.

O prejuízo líquido atribuível aos acionistas diminuiu para 14,3 milhões de dólares, ou 0,02 dólar por ação, no trimestre encerrado em 31 de março, ante 37,8 milhões ou 0,06 dólar por papel um ano antes.

(Por Nandita Bose e Kshitiz Goliya)