Siemens cortará mais 4.500 empregos

quinta-feira, 7 de maio de 2015 12:07 BRT
 

MANNHEIM, Alemanha (Reuters) - O grupo industrial alemão Siemens cortará mais 4.500 empregos, conforme enfrenta um crescimento econômico reduzido e uma demanda fraca de clientes de energia.

Os cortes vêm se somar ao fechamento de outras 7.400 vagas já anunciado e foram revelados nesta quinta-feira junto com a diovulgação de uma queda de 5 por cento no lucro do primeiro trimestre no negócio industrial da Siemens.

O grupo emprega cerca de 340 mil pessoas no mundo, incluindo ao redor de 115 mil na Alemanha, onde a Siemens é a maior empregadora do país.

O presidente-executivo da companhia, Joe Kaeser, não disse onde os cortes serão feitos geograficamente. A Siemens precisa de cuidado ao cortar empregos na Alemanha, onde os sindicatos são fortes, e reduziu em algumas centenas os cortes de funcionários anunciados anteriormente no país em que o grupo está sediado.

(Por Georgina Prodhan)

 
27/01/2015. REUTERS/Michael Dalder